RSS

Because the truth is: I miss you, but you feel mine?

Queria que todos os bons sentimentos fossem recíprocos. Queria que aqueles que eu julgo meus amigos fossem sempre sinceros comigo. Queria que quando o sentimento passasse, acabasse, virasse qualquer outra coisa, as pessoas se avisassem, cumprissem um aviso prévio... Alguém aqui acha que é muito querer evitar a surpresa da ruptura ? Queria que o amor fosse para sempre, que fosse verdadeiro. Esse amor de hoje, que todas as pessoas dizem sentir, banalizando o ‘eu te amo’, não é verdadeiro. É qualquer outra coisa, menos Amor de verdade; esse com letra maiúscula e tudo. Queria que as pessoas se abraçassem mais e com mais carinho. Queria sinceridade... Sim, eu gosto. Não, eu não gosto. E nada de mentiras. Queria que o horizonte existisse para todos, ao invés do sol brilhar para uns poucos. Queria que a moça que vai passando na rua lá em baixo tivesse as mesmas oportunidades que eu e vice-versa. Queria que não houvesse loteria, porque assim haveria riquezas suficientes para todas as pessoas. Distribuição. Igualdade. Repartição. Doação. Queria que as pessoas simplesmente se entregassem, ao invés de ficarem bolando planos, jogadas e planejando todos os passos de uma relação. Queria mais uma porção de coisas... Mas agora, para esse exato instante, eu acho que queria uma coisa bem simples... Um sorriso. Um abraço.

Ando precisando de coisas novas, lugares novos, pessoas novas, emoções novas, sentimentos novos, preocupações novas, um novo horizonte preciso encontrar.

… e eu ? Até quando vou continuar achando todo mundo idiota demais pra mim e me sentindo a mais idiota de todas ? Foi então que eu descobri. Ele está exatamente no mesmo lugar que eu agora, pensando as mesmas coisas, com preguiça de ir nos mesmos lugares furados e ver gente boba, com a mesma dúvida entre arriscar mais uma vez e voltar pra casa vazio ou continuar embaixo do edredon lendo mais algumas páginas do seu mundo perfeito. A verdade é que as pessoas de verdade estão em casa. Não é triste pensar que quanto mais interessante uma pessoa é, menor a chance de você vê-la andando por aí ?

Tati Bernardi

Um pouco de tudo. Sensibilidade, para não ficar indiferente diante das belezas da vida. Coragem, para colocar a timidez de lado e poder realizar o que tem vontade. Solidariedade, para não ficar neutro diante do sofrimento da humanidade. Bondade, para não desviar os olhos de quem te pede uma ajuda. Tranquilidade, para quando chegar ao fim do dia, poder deitar e dormir o sono dos anjos. Alegria, para você distribuí-la colocando um sorriso no rosto de alguém. Humildade, para você reconhecer aquilo que você não é. Amor próprio, para você perceber suas qualidades e gostar do que vê por dentro. Fé, para te guiar, te sustentar e te manter de pé. Sinceridade, para você ser verdadeiro, gostar de você mesmo e viver melhor. Felicidade, para você descobri-la dentro de você e doá-la a quem precisar. Amizade, para você descobrir que, quem tem um amigo, tem um tesouro. Esperança, para fazer você acreditar na vida e se sentir uma eterna criança. Sabedoria, para entender que só o bem existe, o resto é ilusão.

Não coloque sentimento, onde não cabe felicidade !

É campeãããããããããããão ! Tenho muuuito orgulho de cada vitória, empate e derrota que foram suados para ter o melhor resultado possível. Eu tenho orgulho de ser botafoguense (:
"...e ninguém cala esse nosso amor, e é por isso que eu canto assim, é por ti fogo"

"É triste e real, eu vejo gente se enfrentando por um prato de comida, àgua é saliva.. êxtase é alívio, traz o fim dos dias. Enquanto muitos dormem, outros se contorcem, é o frio que segue o rumo e com ele a sua sorte. Você não viu? Quantas vezes já te alertaram que a Terra vai sair de cartaz e com ela todos que atuaram? E nada muda, é sempre tão igual. A vida segue a sina, mães enterram filhos, filhos perdem amigos, amigos matam primos, jogam os corpos nas margens dos rios contaminados por gigantes barcos; Aquilo no retrato é sangue ou óleo negro? Faça uma criança feliz, plante uma semente, escreva um livro e que ele ensine algo de bom. A vida é mais que um belo poema, ela é real, é pão e circo, veja: a cada dose destilada, um acidente que alcooliza o ambiente, estraga qualquer face limpa; De balada em balada vale tudo e as meninas das barrigas tiram os filhos, calam seus meninos, selam seus destinos.. São apenas mais duas histórias destruídas. A vida é mais que um belo poema, ela é real e ainda que a velha mania de sair pela tangente saia pela culatra, o que se faz aqui, ainda se paga aqui. Deus deu mais que ar, coração e lar, deu livre arbítrio e o que você faz? E o que você faz? Aqui jaz um coração."

Mais que um mero poema - Rosa de Saron

Você quer paz ? Comece com ela dentro de você. Quer amor ? Comece a amar antes de reclamar. Quer uma segunda chance ? Demonstre que mudou. Quer amigos ? Seja amigável. Quer pessoas verdadeiras ? Seja verdadeiro consigo mesmo primeiro e depois elas virão. Quer que vejam sua beleza ? Veja a deles primeiro, principalmente a interior. Como Mahatma já disse "seja a mudança que você quer ver no mundo", diz tudo. Palavras sem atitudes são o mesmo que nada.

Seria tão bom sair por aquela porta e conhecer alguém sem precisar procurar no meio da multidão. Alguém que soubesse se aproximar sem ser invasivo ou que não se esforçasse tanto para parecer interessante. Alguém de quem eu não quisesse fugir quando a intimidade derrubasse nossas máscaras, que segurasse minha mão e tocasse meu coração. Que não me prendesse, não me limitasse, não me mudasse, alguém que me roubasse um beijo no meio de uma briga e me tirasse a razão sem que isso me ameaçasse. Que me dissesse que eu canto mal, que eu falo demais e que risse das vezes em que eu fosse desastrada. Alguém de quem eu não precisasse.. mas com quem eu quisesse estar sem motivo certo. Alguém com qualidades e defeitos suportáveis, que não fosse tão bonito e ainda assim eu não conseguisse olhar em outra direção. Que me encontrasse até quando eu tento desesperadamente me esconder do mundo. Eu queria sair por aquela porta e conhecer alguém imperfeito, mas feito pra mim.

Sabe o que eu quero ? Eu quero proteção. Eu quero que alguém me diga que mudou por mim, que eu fiz deste alguém uma pessoa melhor. Eu só preciso andar de mãos dadas, ir comer pizza só pra ficar lado a lado, eu só quero acordar de madrugada com uma mensagem só pra dizer um 'Eu te amo' que mesmo sendo tão simples, signifique muito pra mim. Eu quero ter a certeza de que alguém precisa de mim, que só consegue ir dormir depois de sentir o meu perfume na sua camisa, que fique com saudades alguns minutos após a despedida, que ligue pra mim e me faça ter certeza de que é ele que eu quero. Um alguém que faça um cafuné só pra me fazer dormir; que ama o jeito de como eu mexo os meus cabelos, que adora o meu sorriso, e o meu jeitinho diferente de amar ! Eu quero alguém que me deixe segura, que tire os meus medos, que desvende os meus desejos. Alguém que esteja ao meu lado sempre, até mesmo quando eu não merecer.

Se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que, atualmente o mercado não está pra peixe (falemos de qualidade), pense bem antes de dar alguma dessas mancadas ! Proteja-a, ame-a, e, principalmente, faça-a saber disso. Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele "bonitão" que vive enchendo-a de olhares e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você !

Arnaldo Jabor

Eu olhei para você e o vi com aquele olhar que te deixa com tanta cara de homem e me senti tão ao lado de um homem, que eu tive vontade de ser a melhor mulher do mundo. E eu tive vontade de fazer ginástica, ler, ouvir todas as músicas legais do mundo, aprender a cozinhar, arrumar seu quarto, escrever um livro, ser mãe. Eu, que sempre quis desfilar com a minha alegria para provar ao mundo que eu era feliz, só quero me esconder de tudo ao seu lado. Eu limpei minhas mensagens, eu deletei meus e-mails, eu matei meus recados, eu estrangulei minhas esperas, eu arregacei as minhas mangas e deixei morrer quem estava embaixo delas. Eu risquei de vez as opções do meu caderninho. Porque esse seu jeito acaba comigo. O cheiro da sua roupa. A maneira descabelada que você usa pra parecer arrumado. E eu amo como a sua calça nova cai bem em você e como você fica elegante de chinelo. Mas tudo isso eu não te conto pra você não achar que eu sou louca. Chega. Dessa vez vou fazer tudo certo.
Me queira bem. Estou te querendo muito bem neste minuto. Tinha vontade que você estivesse aqui e eu pudesse te mostrar muitas coisas, grandes, pequenas, e sem nenhuma importância, algumas. Fique feliz, fique bem feliz, fique bem claro, queira ser feliz. Mesmo que a gente se perca, não importa. Que tenha se transformado em passado antes de virar futuro. Mas que seja bom o que vier, para você, para mim. Porque nem você nem eu somos descartáveis. E amanhã tem sol.

Eu só queria alguém pra vencer comigo esses dias terrivelmente "chatos".

Acredito que me conquistar não seja a coisa mais difícil do mundo, não que eu seja fácil demais, ou tão simples assim, até já me falaram que eu sou bastante complexa, mas não me considero, confesso que tenho meus defeitos mas sinceramente são absolutamente insignificantes. Não posso esconder, estou em constante mudança, talvez seja isso. mas eu não procuro muita coisa, até porque dizem que quanto mais se procura, menos se encontra. Talvez você imagine que eu esteja procurando aquele garoto perfeito, feito aquele do filme que você viu outro dia. Não é assim, não me imagino em um romance com final feliz, nem acredito mais nisso. os malandros me machucam, os perfeitos me entendiam, e os ideias estão bem longe... acho que o difícil não é me fazer apaixonar por alguém, o difícil é me fazer manter apaixonada.

Mas também existe o outro tipo de pessoa. O tipo que te ama, te ajuda, te admira, que queria ter sua coragem, que está ali pra você, que te acompanha, que te acolhe sem pedir nada em troca, que divide os mesmos sonhos e as mesmas loucuras, que te impulsiona, que te olha e te vê. Amigo é aquele que a presença conforta sem precisar de muito gesto ou dramatização !

"Há certas horas, em que não precisamos de um amor descontrolado. Não precisamos da paixão desmedida, não queremos beijo na boca e nem corpos a se encontrar na maciez de uma cama. Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado, ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado... Sem nada dizer... Tem horas - quando sentimos que estamos pra chorar - que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, brincar com a gente, nos fazer sorrir. Alguém que ria de nossas piadas sem graça, que ache nossas tristezas as maiores do mundo, que nos faça elogios, por mais bobos que pareçam. E que apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade inquestionável. Alguém que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado... Alguém que possa nos dizer: Acho que você está errado, mas estou do seu lado. Ou alguém que apenas diga: Sou seu amor! E estou Aqui!"

William Shakespeare.

"Sentir primeiro, pensar depois
Perdoar primeiro, julgar depois
Amar primeiro, educar depois
Esquecer primeiro, aprender depois
Libertar primeiro, ensinar depois
Alimentar primeiro, cantar depois
Possuir primeiro, contemplar depois
Agir primeiro, julgar depois
Navegar primeiro, aportar depois
Viver primeiro, morrer depois"

Mário Quintana.

"Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Não tem como remar sozinha, eu ficaria girando em torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena. Remar. Re-amar. Amar."

Caio Fernando Abreu.
"Tudo o que hoje preciso realmente saber, sobre como viver, o que fazer e como ser, eu aprendi no jardim de infância. A sabedoria não se encontrava no topo de um curso de pós-graduação, mas no montinho de areia da escola de todo dia.

Estas são as coisas que aprendi:
1. Compartilhe tudo.
2. Jogue dentro das regras.
3. Não bata nos outros.
4. Coloque as coisas de volta onde pegou.
5. Arrume sua bagunça.
6. Não pegue as coisas dos outros.
7. Peça desculpas quando machucar alguém, mas peça mesmo !
8. Lave as mãos antes de comer e agradeça a Deus antes de deitar.
9. Dê descarga. (esse é importante)
10. Biscoitos quentinhos e leite fazem bem para você.
11. Respeite o limite dos outros.
12. Leve uma vida equilibrada: aprenda um pouco, pense um pouco, desenhe, pinte, cante, dance, brinque, trabalhe um pouco todos os dias...
13. Tire uma soneca a tarde. (isso é muito bom)
14. Quando sair, cuidado com os carros.
15. Dê a mão e fique junto.
16. Repare nas maravilhas da vida.
17. O peixinho dourado, o hamster, o camundongo branco e até mesmo a sementinha no copinho plástico, todos morrem... nós também.

Pegue qualquer um desses itens, coloque-os em termos mais adultos e sofisticados e aplique-os à sua vida familiar, ao seu trabalho, ao seu governo, ao seu mundo e vai ver como ele é verdadeiro, claro e firme. Pense como o mundo seria melhor se todos nós, no mundo todo, tivéssemos biscoitos e leite todos os dias por volta das três da tarde e pudéssemos nos deitar com um cobertorzinho para uma soneca. Ou se todos os governos tivessem como regra básica, devolver as coisas ao lugar em que elas se encontravam e arrumassem a bagunça ao sair. Ao sair para o mundo é sempre melhor darmos as mãos e ficarmos juntos. É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão."

Pedro Bial
.

As vezes deitar em cima da bagunça é melhor do que deixar tudo sempre arrumado. Empurre para o chão e veja o que acontece: algumas coisas precisam cair no chão para que possamos perceber o que resiste e o que se quebra, o que é frágil e o que é eterno.